Percussão

Confira uma entrevista com o diretor e responsável pela aulas de percussão…

Em 2003, a escola começou a ser idealizada por Cédric que diz ter sido impulsionado a criá-la por conta de sua paixão por samba enredo. Além de presidente da escola, Cédric é responsável pela bateria. Autoditada, ouve samba-enredo todos os dias e está sempre antenado às novidades das baterias das escolas de samba para por em prática com seus ritmistas. Viajou poucas vezes ao Rio, mas isto não foi empecilho para ele, que de acordo com suas próprias palavras diz que a bateria “é o caminho da sua vida”. Formalizada em 2004, a Unidos de Genève oferece cursos de dança e percussão, além de ser um ótimo local onde brasileiros radicados em Genebra têm a oportunidade de matar a saudade de uma parte da cultura brasileira, desfrutar de momentos de troca, de aprendizado e de estabelecer laços de amizade.

Foi gratificante ver como as pessoas se dedicam nos ensaios de percussão e ainda acompanhar um pouco do trabalho desenvolvido por Flávia Costa e Sylas Le Goff, responsáveis pela sessão dança. Eles mantêm vivo na alma da escola o que eu posso comparar para que você se familiarize com nosso querido segmento de “Ala de Passistas” em uma proporção menor, mas onde o amor pela dança impera. Tive o privilégio de participar de uma aula onde constatei a criatividade na criação e apresentação de coreografias e além de tudo o cuidado deles em preservar o samba no pé.